TV GC

Eleitores de Mondaí e Riqueza devem fazer recadastramento obrigatório

O prazo iniciou no dia 19 de novembro de 2018 e se estende até o próximo dia 28 de junho

RECADASTRAMENTO ELEITORAL - 25/01/2019 09:09
Claudyego Andrade, técnico judiciário do Tribunal Regional Eleitoral de Palmitos (Foto: Valdenir Ciceri / Rádio Porto Feliz)
O técnico judiciário do Tribunal Regional Eleitoral de Palmitos, Claudyego Andrade, informa que para os eleitores dos municípios de Mondaí e Riqueza, é obrigatório todos os eleitores realizarem o recadastramento biométrico eleitoral.
De acordo com Andrade o prazo iniciou no dia 19 de novembro de 2018 e se estende até o próximo dia 28 de junho. Quem já realizou o processo, poderá comparecer novamente até a justiça eleitoral, sendo o posto de atendimento em Mondaí ou diretamente no Tribunal Regional em Palmitos, para apenas atualizar alguns dados.
Quem não realizar o recadastramento terá o título cancelado. Sem título eleitoral, o cidadão não poderá votar e não terá quitação eleitoral, documento exigido para emissão de passaporte, matrícula em estabelecimento de ensino oficial, participação em concursos públicos e recebimento de benefícios sociais. 
Para realizar o recadastramento, o eleitor deve levar alguns documentos, sendo documento de identidade oficial com foto, comprovante de vínculo com município, comprovante de residência, de vínculo profissional, estudantil, entre outros com, no máximo, três meses de validade.
No mesmo local poderá ser feita a mudança do local de votação, transferência de eleitores e alistamento de maiores de 16 anos.  É possível realizar também agendamento de horário para o atendimento pelo site www.tre-sc.jus.br.
O município de Mondaí tem 7.608 eleitores aptos a votar. Já Riqueza possui um número um pouco menor, de 3.999 eleitores.
Fonte: Rádio Porto Feliz

Mais notícias