TV GC

Em reunião na FIESC, governo e indústria intensificam diálogo

Durante visita de cerca de duas horas à Federação, na quinta-feira, dia 31, governador assumiu compromisso de ouvir a indústria nas discussões do grupo de trabalho que avaliará os incentivos fiscais

INCENTIVOS FISCAIS - 04/02/2019 09:10
Governador Carlos Moisés da Silva e presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar durante encontro na FIESC (Foto: Filipe Scotti)
O governo de Santa Catarina e a Federação das Indústrias (FIESC) intensificaram o diálogo, com o compromisso assumido, na quinta-feira, dia 31, na Federação, em Florianópolis, pelo governador Carlos Moisés da Silva de ouvir a indústria nas discussões do grupo de trabalho que avaliará os incentivos fiscais. O governador visitou a FIESC, por cerca de duas horas, acompanhado dos secretários de articulação internacional, Derian Campos, e de Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler.
Moisés informou que já assinou o decreto constituindo o grupo que vai discutir a manutenção, a renovação ou a concessão de novos incentivos fiscais. A primeira reunião será em breve e no segundo encontro a indústria será convidada a participar. “Estamos abertos ao diálogo e os senhores serão bem-vindos. Esse grupo foi formado para dar transparência às nossas ações”, afirmou, salientando que é possível avançar no tema.
O presidente da Federação, Mario Cezar de Aguiar, entregou a Moisés ofícios assinados pelos presidentes de federações de trabalhadores das indústrias metalmecânicas, Ewaldo Gramkow, da alimentação, Miguel Padilha, e da construção e mobiliário, Altamiro Perdoná. A exemplo da FIESC, em função dos impactos que terão na geração de empregos e no poder aquisitivo da população, eles defendem a revogação dos decretos 1860 e 1867, editados em dezembro, e que elevam o ICMS de uma série de produtos.
“Empresas e trabalhadores estão manifestando à FIESC grande preocupação quanto aos decretos pelo efeito que terão no preço de produtos de grande consumo, inclusive da cesta básica, e porque vão inibir a retomada econômica, justamente num momento de grande confiança dos empresários”, afirmou Aguiar. “Entendemos que não podemos ficar de fora dessa importante discussão e, por isso, a sinalização positiva do governador em ouvir o setor é muito relevante”, completa.
Na reunião, Moisés conheceu o Observatório FIESC, ambiente que reúne e analisa os principais dados econômicos e sociais do estado, do país e do mundo. Aguiar colocou a estrutura à disposição do governo. Também foram discutidas a situação da infraestrutura e da logística de Santa Catarina em seus diversos modais, além da continuidade da parceria entre a FIESC e o governo na agência de investimentos (INVESTE SC).
“Fazemos um balanço muito positivo do encontro em função do posicionamento do governo favorável à atuação em conjunto com a indústria para o desenvolvimento do estado”, finaliza Aguiar.
Fonte: FIESC

Mais notícias