TV GC

Sicoob Credial repassa R$ 45,7 mil para Apaes no ano de 2018

Valor foi repassado no último ano de forma mensal às entidades dos municípios de Cunha Porã, São Carlos, Maravilha e Iraceminha

Cidades - 15/03/2019 11:30

Com o objetivo de melhorar as condições de vida dos portadores de deficiência e contribuir com a manutenção das entidades, o Sicoob Credial distribuiu o valor de R$ 45.792,00 entre as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais dos municípios de Cunha Porã, São Carlos, Maravilha e Iraceminha, atendendo através destas, os municípios da área de atuação da cooperativa.

Conforme o Gerente do Ponto de Atendimento de Cunha Porã, Luiz Carlos Hübner, o valor foi dividido de forma igual às entidades, sendo R$ 11.448,00 para cada uma, depositados de forma fracionada todo o mês no ano de 2018. Segundo o Hübner, esse valor auxiliou na continuidade das atividades desenvolvidas nas instituições, bem como na melhoria da condição de vida dos alunos frequentadores e usuários das escolas.

“O Sicoob Credial é uma das empresas parceiras de nossa instituição, que contribui mensalmente para que possamos proporcionar a escola especial maior autonomia no desenvolvimento de suas funções em prol de melhor atendimento as pessoas com deficiência, o que engrandece muito mais nosso trabalho, tornando-o excepcional”, explica a Diretora da Apae de Iraceminha, Maria Margarete Marschal. “Agradecemos imensamente ao Sicoob Credial pelo apoio não só à nossa instituição, mas às pessoas com deficiência, pois sabemos das dificuldades encontradas na luta pela inclusão social. E, o Sicoob mostra-se preocupado com esta causa, o que nos impulsiona a seguir a diante em busca de anseios de dignidade social, tornando-os muito mais que parceiros”, finaliza.

O presidente do Sicoob Credial, Hermes Barbieri, explica que a cooperativa se preocupa com causas sociais e mantém uma relação de compromisso com a comunidade. “Nosso objetivo é promover o bem estar da comunidade em que estamos inseridos, auxiliando nas diversas áreas, sejam elas ambientais ou sociais, para contribuir por meio do cooperativismo o desenvolvimento local”, argumenta.

Qual o papel da Apae?

A Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais tem como propósito, fazer acompanhamento da pessoa com deficiência, em todo o seu ciclo de vida, nas mais diversas especialidades, desde a prevenção a reabilitação, com atenção especializada.

A entidade presta serviços de educação, saúde e assistência social a quem deles necessita, constituindo uma rede de promoção e defesa de direitos das pessoas com deficiência intelectual e múltipla.

No país existem 2.201 Apaes e entidades filiadas, coordenadas por 24 Federações Estaduais, abrangendo todos os estados brasileiros para atender cerca de 250.000 pessoas com deficiência intelectual e múltipla diariamente. 

Mais notícias