TV GC

Loteamento Vida Nova em Caibi: O sonho da casa própria está prestes a se realizar

Caibi - 09/04/2019 14:47

92 famílias do município de Caibi vão ser beneficiadas no Programa de Habitação Popular “Minha Casa, Minha Vida”. Esse programa é do Governo Federal, mas executado pelo município, com a finalidade de facilitar o acesso a um teto digno para as famílias de baixa renda do município. Segundo o prefeito Elói José Líbano, o loteamento “Vida Nova” está em uma área localizada no acesso à Linha Roversi, aproximadamente um quilômetro da cidade e, definitivamente, trará uma nova fase na vida das famílias caibienses, participantes do programa. Ele destaca o investimento de cerca de R$500 mil na aquisição do terreno, além dos serviços de terraplanagem para a construção das primeiras moradias. Novas residências estão sendo planejadas para incluir mais famílias no programa. 

O prefeito também destacou que por se tratar de habitação de interesse social, o município articulou com a CELESC a doação da rede e alimentador de energia elétrica; e com a CASAN, a doação da Rede de abastecimento de água. “Com a parceria estabelecida entre Prefeitura Municipal, Caixa Econômica Federal, CELESC e CASAN, está sendo possível realizar o sonho da casa própria, inicialmente para estas 92 famílias. É um projeto que nos orgulha como administradores”, enfatiza o prefeito.

A Administração Municipal, através do Setor de Habitação, está organizando para o dia 23 de abril, no Centro de Convivência dos Idosos de Caibi, uma importante reunião com todas as famílias beneficiárias do Loteamento “Vida Nova”. Segundo a responsável pelo setor, Daiana Menin, o encontro será um momento para tirar dúvidas e ouvir sugestões, sendo que pelo menos uma pessoa por família deve participar. Às 18h45 inicia o credenciamento e às 19h15 terá início a reunião. Neste dia, todos devem trazer identidade e CPF, para a solicitação da ligação da rede de energia da residência na CELESC. “Será um momento de diálogo, para efetivar as últimas ações e realizar a entrega de forma oficial das casas”, destaca a responsável.

Mais notícias