TV GC

Mais de 64 mil títulos de eleitor são cancelados em Santa Catarina

Cancelamento dos documentos foi por ausência nos três últimos pleitos

Geral - 29/05/2019 08:38

A Justiça Eleitoral cancelou 64.651 títulos em Santa Catarina por ausência nos três últimos pleitos, conforme dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Cada turno é contabilizado como uma eleição, assim como as eleições suplementares.

No estado, as cidades com maior quantidade de títulos cancelados foram Florianópolis com 7.992, seguido por Joinville com 7.938, Blumenau, Criciúma e São José.

Para o eleitor saber se consta dessa relação, é preciso consultar a situação no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na área de “Serviços ao Eleitor – Situação eleitoral – consultar por nome ou título”, ou ir a um cartório eleitoral com um documento de identificação com foto.

Para regularização, é preciso pagar uma multa e ir até o cartório eleitoral com documento de identificação oficial original com foto, comprovante de residência e o título, caso ainda o tenha.

O eleitor que teve o documento cancelado poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e fazer empréstimos em estabelecimento de crédito mantido pelo governo.

Outras dificuldades são para inscrição, investidura e nomeação em concurso público; renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas às quais estiver subordinado, entre outras.

Em todo o país, foram cancelados 2.486.495 títulos, sendo 1.247.066 na região Sudeste; 412.652 no Nordeste; 292.656 no Sul; 252.108 no Norte; 207.213 no Centro-Oeste; e 74.800 de eleitores que vivem no exterior.

O estado com maior número de cancelados foi São Paulo com 674.500, seguido do Rio de Janeiro, 299.121, Minas Gerais, 226.761, Rio Grande do Sul, 120.190, Paraná, 107.815 e Goiás com 96.813.

Fonte: G1 / SC

Mais notícias