TV GC

Mais de mil eleitores riquezenses ainda não passaram por recadastramento obrigatório

Prazo encerra no próximo dia 28 de junho, última sexta-feira do mês.

Riqueza - 05/06/2019 14:07 (atualizado em 05/06/2019 14:09)

Com a proximidade do término do período para a realização do recadastramento biométrico eleitoral obrigatório, é grande o número de riquezenses que ainda não passaram pelo procedimento. O prazo encerra no próximo dia 28 de junho, última sexta-feira do mês.

Conforme dados divulgados pelo Cartório Eleitoral de Palmitos, até esta segunda-feira (03), apenas 2.887 (71,72%) dos 4.025 eleitores do município haviam sido biometrizados – desta forma, 1.138 (28,28%) ainda precisam regularizar sua situação. Os documentos necessários são título de eleitor (caso possua), documento oficial com foto e comprovante de residência emitido nos últimos três meses.

O eleitor que não fizer o recadastramento terá o título cancelado. Caso ocorra o cancelamento, não poderá votar, inscrever-se em concurso público, obter passaporte ou CPF, renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial, obter empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo, participar de concorrência pública e praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda.

O recadastramento pode ser feito em Palmitos ou em Mondaí. O horário de atendimento do posto da Justiça Eleitoral em Mondaí, no Fórum, é das 12h00 às 18h00. Em Palmitos, o atendimento no Tribunal Regional é das 12h00 às 19h00, de segunda a sexta-feira. É possível realizar agendamento de horário pelo site www.tre-sc.jus.br.

Fonte: Andrieli Severo/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Riqueza

Mais notícias