TV GC

Empresários e poder público se reúnem para discutir implantação de frigorifico em Palmitos

Participaram autoridades dos municípios de Palmitos, Riqueza, Mondaí, Cunha Porã e Pinhalzinho

Palmitos - 02/08/2019 19:27
Carregando Vídeo

Na noite desta quinta-feira, dia 31, reuniram-se no auditório da prefeitura, empresários, investidores, autoridades e comunidade em geral, para apresentação de projeto de implantação de um frigorífico para abate de bovinos, ovinos e caprinos no munícipio de Palmitos.

As propostas foram apresentadas pelo empresário Alcindo Pasqualotto que expôs dados da produção de bovinos em nível regional, local e em nível de país, concluindo que o estado de Santa Catarina é autossuficiente em carne bovina.

Pasqualotto fez também análises das exportações. “Exportar animal é inviável, não se desenvolve um estado assim, com pouco valor agregado”, destaca. O empresário citou que a carne bovina produzida no Brasil é a mais barata do mundo, e que para mudar isso é preciso unir forças dentro dos municípios e das regiões. 

PROPOSTA

Um estudo realizado junto ao Sebrae, mostrou que uma das formas para implantação é contratar uma empresa especializada para estudar a viabilidade, esta proposta tem o investimento de R$ 40.000,00. “Quero ressaltar que nenhuma empresa foi contratada, é apenas uma proposta”, destaca.

Após a reunião os empresários que estiverem aptos a investir no projeto, tem 90 dias para manifestar-se. Com os investidores será formada uma comissão que irão avaliar as propostas e decidir os próximos passos.

Alguns investidores já demostram apoio manifestaram-se na oportunidade, entre eles o palmitense Leonir Dacroce. “Devemos transformar, agregar valor a nossa produtividade, para assim termos uma indústria de grande porte”, afirma. Dacroce também citou que a agropecuária da região é invejável e 65% da economia é oriunda da agricultura e da pecuária.

O prefeito de Palmitos, Dair Enge afirmou que a administração de Palmitos apoiará o projeto dentro das formalidades e das normas. “A sociedade deve mobilizar-se e este é o momento”, afirma.

A vereadora, Loreci Orsolin Pfeiffer, destacou que o empreendimento se fortalesce com o associativismo. "Me senti imensamente feliz e realizada por fazer parte de mais uma ação em favor da população, desejo que mais pessoas participem e ajudam a trazer uma indústria a Palmitos, este é o espirito de empreendedorismo, da cooperação e do associativismo", finaliza.

Fonte: Redação jornal Expresso d'Oeste

Mais notícias