TV GC

Ministério da Economia aponta queda nas importações e exportações na Fronteira

De janeiro a julho deste ano, o município de Dionísio Cerqueira registrou um valor, 14,9% menor que o ano passado

Geral - 13/08/2019 16:13

De acordo com dados do Ministério da Economia, o município de Dionísio Cerqueira registrou queda nas importações e exportações de janeiro a julho deste ano se comparados os números ao mesmo período no ano passado.

Neste período, o município registrou um valor total de US$ 23 milhões em importações, 14,9% a menos do que no mesmo período em 2018, quando passaram pelas empresas cerqueirenses US$ 27, 3 milhões.

Quando se fala em exportações há o registro de queda até julho foram levados para fora do país por Dionísio Cerqueira US$ 2,32 milhões, 3,7% a menos do que no mesmo período no ano passado quando foram exportados US$ 2,41 milhões em produtos.

Dos produtos exportados, de acordo com a base de dados e a classificação pelo ministério da economia 82% do que é levado do país por Dionísio Cerqueira são Bananas frescas ou secas.

4% são classificados como sendo melões, melancias e papaias.

3,7% são especiarias como gengibre, açafrão, cúrcuma, tomilho, louro, entre outras.

3,4% são classificadas como Raízes de Mandioca, de Araruta e de Salepo, Topinambos, Batatas-Doces e Raízes ou Tubérculos Semelhantes, com Elevado Teor de Fécula ou de Inulina, Frescos, Refrigerados, Congelados ou Secos, Mesmo Cortados em Pedaços ou em Pellets; Medula de Sagueiro.

1,5% são classificadas como Tâmaras, Figos, Ananases(Abacaxis),Abacates, Goiabas, Mangas e Mangostões, Frescos ou Secos.

1,1% Outras Máquinas e Aparelhos para Agricultura, Horticultura, Silvicultura, Avicultura ou Apicultura, Incluídos Os Germinadores Equipados com Dispositivos Mecânicos ou Térmicos e As Chocadeiras e Criadeiras para Avicultura.

0,63% são Máquinas e Aparelhos Mecânicos.

Vale ressaltar que a maioria destes produtos são exportados por empresas de Dionísio Cerqueira, não necessariamente são produzidos na região.

Já dos principais produtos importados para o país via Dionísio Cerqueira 19% são maças, peras, marmelos e frescos. 16% são cebolas e alhos.

12% são damascos, cerejas, pêssegos, nectarinas e ameixas.

Uvas frescas ou secas correspondem a um total de 9,3%. 7,1% são farinhas de trigo e centeio. 6,6 % são frutas secas.3,4% são da linha de azeites. 2,9% são brinquedos.

Ainda, 97% do que é exportado no município é enviado para a Argentina e os outros 2,6% são enviados para o continente africano.

Já 80% do que é importado vem da Argentina, outros 9,9% do Chile. 7,1% de Portugal. Itália 1,4% e Espanha 0,87%.

Fonte: Portal São Miguel

Mais notícias