TV GC

Corpo de Gugu é sepultado no jazigo da família, em São Paulo

Com aplausos e gritos de "Gugu, eu te amo", familiares, amigos e dezenas de fãs acompanharam o enterro

Geral - 29/11/2019 15:03

O corpo de Gugu Liberato foi enterrado no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, no jazigo da família, por volta das 12h00 desta sexta-feira (29).

O cortejo foi realizado pelo grupamento dos Bombeiros mais antigo de São Paulo, com 139 anos de história.

O velório do apresentador, realizado na Assembleia Legislativa de São Paulo, terminou às 10h00, após 22 horas de homenagens e despedidas.

A equipe do 1° Grupamento de Bombeiros foi a responsável pelo trajeto e pelas homenagens no funeral.

Foram os mesmos profissionais que atuaram no passado em grandes emergências de incêndio, como nos edifícios Andraus e Joelma e, mais recentemente, nas operações do desabamento do prédio no Paissandu, no centro de São Paulo.

O filho mais velho do apresentador, João Augusto, 18, acompanhou o caixão do pai no carro dos Bombeiros. Outros membros da família, como a mãe, Maria do Céu, e a mulher de Gugu, Rose Miriam di Matteo, foram de van, acompanhando a viatura.

O deslocamento aconteceu com batedores com motos até o cemitério.

A viatura foi um caminhão Auto Bomba Tático do 1°Grupamento de Bombeiros de fabricação americana, da marca Spartan, construído especialmente para operação de combate a incêndios e salvamentos.

No cemitério, dezenas de fãs se aglomeraram para acompanhar o sepultamento do apresentador. No momento da chegada do caixão ao jazigo da família Liberato, o público aplaudiu e entoou, por diversas vezes, a frase: "Gugu, já disse que te amo hoje?".

A cerimônia também foi marcada pelo choro de familiares, que retribuíram o carinho dos fãs com acenos.

Coincidentemente, há 10 anos, o pai de Gugu era enterrado na mesma data. Augusto Claudino Liberato morreu por conta de complicações de Alzheimer. Foi enterrado no dia 29 de novembro de 2009, no mesmo local de Gugu.

A quinta-feira (28) foi marcada por uma imensa e interminável fila de fãs querendo se despedir do apresentador. Milhares de pessoas deram adeus a Gugu na Assembleia Legislativa (Alesp). Houve até um fã que tentou invadir o espaço destinado ao caixão e gritou para que o apresentador acordasse.

Também houve gente que desmaiou na fila com a emoção. Porém, tudo transcorreu em silêncio e respeitosamente.

Artistas e amigos de Gugu marcaram presença no velório. Nomes como Celso Portiolli, Eliana, Tiago Abravanel, Ana Hickmann, Simony e Rodrigo Faro foram até o local.

A apresentadora Mara Maravilha também esteve na cerimônia e chorou muito ao lado do caixão.

— O Gugu é uma luz que não vai se apagar. Ele pediu um intervalo, porque o espetáculo dele é eterno dentre da gente — afirmou ela.

A apresentadora Luciana Gimenez afirmou que parece estar vivendo um pesadelo:

— Ele deixou muita alegria e profissionalismo, e a última lição que foi doar os órgãos, uma atitude muito generosa e bonita.

Fonte: GaúchaZh

Mais notícias