TV GC

Governo do RS confirma retorno do Gauchão no dia 23 de julho

Após reunião com a FGF, Eduardo Leite anunciou liberação dos treinos coletivos e a volta do campeonato

Gauchão - 11/07/2020 23:55 (atualizado em 12/07/2020 00:01)

Imagem Ilustrativa


Após quatro meses de paralisação, o Campeonato Gaúcho 2020 irá retornar no dia 23 de julho. Em reunião entre a Federação Gaúcha de Futebol e o governo do Estado, na quinta-feira, dia 9 de julho, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou a liberação dos treinamentos coletivos a partir da próxima segunda-feira e permitiu a volta do torneio no final do mês.

Na saída do encontro, que ocorreu no Palácio Piratini, o presidente da FGF, Luciano Hocsman, informou que irá realizar uma reunião, nesta sexta-feira, com os clubes participantes do campeonato para alinhar a retomada, mas adiantou que regras já previstas no protocolo deverão ser respeitadas.

"A regionalização está mantida, assim como outros pontos como redução de membros por delegação, atletas chegando pré-fardados para o jogo, acesso da imprensa ao estádio somente para televisionamento, e todas as pessoas que trabalharem em função do jogo tendo necessidade de apresentar um atestado de testagem (...) Na reunião amanhã iremos projetar os próximos passos", ressaltou.

A volta do campeonato é liberada no mesmo dia em que o Rio Grande do Sul, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, registrou recorde no número de novos óbitos pela Covid-19.

Além disso, há pelo menos três dias, o RS registra mais de mil novos casos diários da doença e 52% da população gaúcha se encontra hoje em áreas consideradas, pelo Piratini, de alto risco de contaminação pelo coronavírus. .

O Gauchão está paralisado desde o dia 15 de março, quando ocorreu a última rodada já sem público. Com sete datas ainda para serem jogadas, a próxima rodada deverá ter um clássico Gre-Nal, no estádio Beira-Rio.

Governo e FGF apelam para manutenção do distanciamento social

Mesmo com o retorno do futebol, tanto Federação Gaúcha de Futebol quanto o governo do Estado alertaram a população para a manutenção do distanciamento social. De acordo com o governador Eduardo Leite, não significa volta ao normal.

Leite fez um apelo a torcedores e pediu para que clubes, dirigentes e jogadores estimulem os torcedores a ficar em casa, assistindo aos jogos pela televisão. "Apelamos a todos que se mantenham sem fazer reuniões e confraternizações em função dos jogos", declarou.

O governador frisou a rigidez dos protocolos sanitários e observou que, em poucas rodadas, oito clubes deixam o campeonato. "Isso vai significar um grupo menor de pessoas, obedecendo às regras de distanciamento", frisou.

Fonte: Rádio Porto Feliz
Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business EXPRESSO D'OESTE (49) 99819 9356

Mais notícias